Nova técnica revoluciona a cirurgia de mama

In ATUALIDADES

Paciente pode voltar à rotina e ao trabalho em 24h

Criada nos Estados Unidos por John Tebbetts, a técnica R24R ainda é pouco conhecida no Brasil. No Rio de Janeiro, o número de médicos qualificados para aplicá-la não ultrapassa uma dezena, incluindo as cirurgiãs Maria Júlia Norton e Ana Borba, que acabam de inaugurar a nova unidade da Clínica Lis, no Leblon.

 

A clínica foi toda pensada para a paciente que deseja fazer qualquer cirurgia na mama. Lá, a paciente encontra o que há de mais avançado em tecnologia, incluindo um simulador 3D onde será possível ter uma ideia da posição da cicatriz, do volume e formato final e também, das assimetrias já existentes. Tudo isso simulando na própria paciente. A equipe é treinada para colocar em prática o protocolo R24R e oferecer uma experiência diferenciada para a paciente que não quer parar as suas atividades. E essa é uma das principais vantagens da nova técnica.

 

Se antes, numa cirurgia tradicional, levava em média duas semanas para a mulher ser liberada para elevar os braços além da linha dos ombros, 45 dias para pegar peso, 3 dias para dirigir e uma média de 15 dias afastada do trabalho, com a R24R esse tempo não existe. Em 24h, a paciente pode voltar ao trabalho, dirigir e carregar até 15 kg (um bebê por exemplo). Além de horas após a cirurgia, estar liberada para levantar os braços.

 

“Esse é o futuro da cirurgia de mama. Que mulher não deseja realizar uma cirurgia na mama sem precisar se afastar das suas atividades e ainda ter uma cirurgia de altíssima qualidade e menor chance de complicação futura como contratura”, afirma Maria Julia.

 

E não é somente o pós-operatório que é diferente. Durante o pré-operatório, são seguidos protocolos de preparo com uso de medicações para reduzir a dor. A anestesia também é especial, utiliza-se a venosa total, um tipo de anestesia geral de excelente qualidade que permite um rápido despertar e menos náuseas. Durante a cirurgia, a prótese é colocada abaixo do músculo peitoral, e são seguidos 14 pontos de segurança para uma cirurgia mais segura, com menor sangramento, menor trauma, menor contaminação.

 

“No pós-operatório, a paciente realiza um protocolo de exercícios para alongamento muscular. É importante também não dormir de bruços e não fazer exercícios muito vigorosos por 1 mês.”, adianta Ana Borba.

 

 

Clínica Lis

Avenida Ataulfo de Paiva, 204/701, Rio de Janeiro

Whatsapp: 21 99684-7555

 

 

 

Fábio Dobbs

You may also read!

Cantora de “milhões”! Gloria Groove recebe disco de platina triplo por “Lady Leste”

Cantora atinge 1 bilhão de menções no TikTok e 1 bilhão de acessos no YouTube Gloria Groove, uma das artistas

Read More...

Mumuzinho alcança primeiro lugar nas rádios do Brasil

Faixa “Sem vestígio” de seu novo DVD é destaque pelo país Sucesso! Reconhecido pelo talento e alegria contagiante, Mumuzinho comemora

Read More...

Influencer pré-candidata a deputada, Juju Ferrari quer que SUS cubra cirurgia de aumento peniano: “o povo pede”

A influencer Juju Ferrari, conhecida como Musa do Botafogo e pré-candidata a deputada federal, respondeu uma série de perguntas

Read More...

Deixe um comentário:

Seu email não será publicado.

Mobile Sliding Menu